Pesquisar neste blogue

A carregar...

domingo, 1 de março de 2015

O PEQUENO BOLSO NOS JEANS

.... foi desenhado pela Levi's e servia para os cowboys guardarem o relógio. Esse pequeno bolso foi adoptado por quase todas as marcas de jeans e mesmo que na actualidade o relógio de bolso praticamente não se use, o bolso mantém-se para guardar objectos pequenos, como moedas ou isqueiros.


terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

TANTO EINESTEIN COMO HAWKING ESTIVERAM ERRADOS

Ambos desenvolveram teorias sobre o Universo baseadas no factor Tempo. Umas teorias destroem outras teorias, tendo em conta que o Tempo só existe no Sistema Solar -- e, sobretudo no Planeta Terra, onde nasceu o Tempo... ou a medição deste.
Na Lua o tempo (embora diferente) pode ser medido, de forma precisa, com um cronómetro fabricado e (sobretudo) acertado na Terra -- o que permitiu também criar um calendário lunar. Se fosse criado na Lua um relógio de sol, possivelmente o calendário lunar deixaria de fazer sentido.
Dois físicos, um deles teórico e cosmólogo, em procura de um "Deus" e cujas visões do Universo são base de infinitas outras teorias menores, que muito provavelmente sempre estiveram errados na perspectiva como se deve olhar para o Universo.
Pista final: deixe Stephen Hawking "cego" (sem acesso visual, táctil ou sonoro a qualquer forma de medir o tempo, como se não estivesse no Planeta Terra... como se estivesse em coma) durante dois meses e as suas teorias cairiam mais facilmente do que um castelo de cartas ao vento.

PP


quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

iSlave

iEscravatura
e porque é que nós sabendo disto continuamos a comprar os produtos da Apple? Por cada iPrduto que compramos estamos a pactuar com o trabalho escravo que provoca (para além do mais) suicídios entre os jovens trabalhadores... tantos que a FOXCONN tem redes à volta do todo o edifício para evitar as mortes.
Contra mim falo, que uso iPhone e iPad desde que apareceram no mercado, assim como outros produtos Apple.
Não se entende este fenómeno. Os equipamentos da Apple são mais caros do que todos os outros concorrentes, mas ainda assim, e sabendo-se há muito que usa trabalho escravo, é a segunda marca mais vendida de smartphones, seguindo-se à Samsung e sendo seguida de perto pela Xiaomi que vende smartphones de muita qualidade a um quarto do preço dos da Apple.

É com este triste post que me despeço de 2014, esperando -- e desejando -- que em 2015 tenhamos condições e oportunidades para sermos mais solidários, no mínimo.

Feliz 2015 para si que me lê.


As fotos que se seguem mostram euforia (histérica) e protestos em Hong Kong no dia do lançamento dos mais recentes produtos Apple, em Setembro deste ano.
(todos os direitos reservados)










quarta-feira, 26 de novembro de 2014

SÓCRATES - O BOM MALANDRO


Esta é mais uma opinião de milhares que surgiram depois da detenção e prisão do Ex-primeiro-ministro.

José Sócrates - Direitos Reservados

Quando se tem poder e influência a vida das pessoas -- com poder e influência -- não é (nem pode ser) igual à da maioria dos mortais. Sócrates fez (apenas) aquilo que pôde fazer para viver a vida (só há uma) da melhor forma. No entanto as coisas correram mal e ele foi preso.

É ditado: "queres conhecer um homem, dá-lhe poder!" E o Ex-primeiro-ministro teve poder e beneficiou dele como qualquer um (numa maioria muito considerável) o faria.

Muitos "púdico-honestos" que o criticaram e criticam, fariam exactamente a mesma coisa (ou pior -- leia-se melhor) do que ele fez.

Como político e como primeiro-ministro não me recordo de nenhum com tanta capacidade para o ser. Como líder do Partido Socialista também não me recordo de outro tão "competente" (se o termo é o correcto).

Quando Sócrates tinha pronto o PEC IV, a oposição "obrigou-o" a pedir o resgate e demitir-se. Mal sabiam eles -- a oposição que é hoje Governo que nunca chegaria aos calcanhares do anterior Chefe do Governo. Não houve PEC IV mas houve a Troika, que foi bem pior.

Sócrates não roubou ninguém, apenas era um comissionista dos "negócios" que fazia em nome do Governo Português. Ao passo que Passos Coelho é um "ladrão" porque rouba todos os portugueses... embora de forma legal -- ou semi-legal, pois tem-se visto os chumbos do Tribunal Constitucional.
E vamos ver se não "roubou" mais, a título particular quando, sendo político, ainda não sonhava ser Primeiro-ministro de Portugal.

Sócrates fez o que tinha que fazer: ganhar dinheiro. -- E fez ele muito bem, pois qualquer um de nós faria o mesmo... desde que tivéssemos o seu poder de influência.

É claro que deve estar preso e ser julgado, mas quantos andam por aí que são verdadeiros vigaristas (e "assassinos", leia-se Duarte Lima,), como Ricardo Salgado!

Piores do que Sócrates está o país cheio... cheio de muito piores do que Sócrates.

-- como nota final, devo dizer que fui um grande crítico à actuação do Ex-primeiro-ministro, mas fui mais porque não sabia que vinha aí um homem chamado Passos Coelho, que por razões morais e políticas devia estar na prisão também. Assim como o Presidente da República também devia estar, por ter lucrado 400% em mais-valias no BPN e por ter "garantido" que o Grupo Espírito Santo não era caso de preocupação para os portugueses.

(texto opinativo, escrito ao abrigo da Liberdade de Expressão)



quinta-feira, 31 de julho de 2014

INTERNET a 56K

Você é do tempo da Internet a 56K? Quando se usava um modem, ligado a uma linha telefónica convencional e primeiro que obtivesse ligação ouvia uma série de ruídos... e cada vez que abria uma foto era assim que ela aparecia... ?

Isso já tem mais de 20 anos.



domingo, 27 de julho de 2014

BELEZA REDONDA — Texto reposto

GORDINHAS E BONITINHAS
(A Beleza Redonda)

isto já foi há uns tempos, antes do meu blogue ter sofrido um ataque e ter sido mandado abaixo, mas uma revista brasileira fez a ligação ao blogue e o texto ainda anda por aí....
( O texto foi escrito em 2011)


Tara Lynn - modelo plus size


O conceito de Beleza, não é mais do que "uma moda" que é criada como todas... pelos influentes, e neste caso, na actualidade, os fotógrafos de renome, com os estilistas, são quem dita os conceitos.
Mario Testino, é um dos grandes responsáveis pela "Beleza Anorética", mas alguns bons fotógrafos começam a impor a "beleza renascentista", embora de forma tímida.

As mulheres magras enchem "o que lhes falta" com silicone. As gordas não têm nada que encher... pelo contrário... ainda podem tirar.
Dificilmente se vê uma gordinha, de mamas flácidas... de nádegas flácidas, e qualquer dia o Mundo É Delas, no que diz respeito à moda. E para tal, basta que meia-dúzia de criadores e fotógrafos, se desviem da actual tendência.
De quando em vez, cito ou faço referência à Margarida Rebelo Pinto (gosto da miúda e pronto... não tenho que dar explicações), e há uns meses, comentei na página do Facebook, quando a Margarida deu uma entrevista à Playboy, que "ela vestida tinha batido todas as de mamas ao leu". Sim, eu sei que a Margarida atira mais... para a anorexia... mas também não é assim, e lembro-me que já escreveu uma ou duas crônicas "Com Muito Prazer", no semanário SOL a referir-se às gordinhas... e gostei, acho. Tenho uma vaga ideia e não tenho as crônicas à mão.
Só falta mesmo é o Mario Testino ou Karl Lagerfeld começarem a fotografar gordinhas, devidamente arranjadas... pois se forem fotografadas anorécticas sem cuidado... não sei não, quem fica melhor na fotografia.

Pronto, sim, eu sei que já não estamos no renascimento, mas mesmo assim Fernando Botero pintou uma Mona Lisa com o dobro do peso da de Da Vinci e continua a dar-se bem com a gordura.


Monalisa - contemporânea, por Fernando Botero e a renascentista, por Leonardo da Vinci

VILA MULHER
* foto do blog do autor, Pedro Palma, jornalista e fotógrafo português** Tara Lynn, modelo plus size em foto de Bob Wolfenson para Campanha Plié*** Monalisa - renascentista, por Leonardo da Vinci e contemporânea, por Fernando Botero
Conheça o Blog do Autor 

segunda-feira, 21 de julho de 2014

TEOREMA DE PITÁGORAS


"Em qualquer triângulo rectângulo, o quadrado do comprimento da hipotenusa é igual à soma dos quadrados dos comprimentos dos catetos."

"Em qualquer triângulo rectângulo, a área do quadrado cujo lado é a hipotenusa é igual à soma das áreas dos quadrados cujos lados são os catetos."

c^2 = b^2 + a^2,





sábado, 7 de junho de 2014

PAULO LEMINSKI

só porque hoje faz 25 anos que "o bandido que sabia latim" morreu.


Caricatura de J. Bosco - Belém do Pará

sexta-feira, 28 de março de 2014

MH370

"O silêncio total deste voo é muito suspeito"

Por: Fernando Tavares
(Texto publicado no blogue Portugal Glorioso)






Em entrevista à Renascença, o piloto veterano Carlos Silva coloca várias questões sobre o que terá acontecido ao 777 da Malásia que se despenhou sobre o Índico. Porque deixaram de funcionar os equipamentos de aviso, por exemplo, sugerindo que não se tenha tratado de um acidente.
Ao fim de duas semanas de dúvidas e especulações sobre o que teria acontecido ao desaparecido Boeing 777 da Malaysia Airlines, as autoridades malaias confirmaram finalmente que o avião, que levava 239 pessoas a bordo, caiu no Oceano Índico durante o trajecto que ligava as capitais da Malásia e da China, Kuala Lumpur e Pequim.

O avião era igual ao que há mais de 15 anos é tripulado por um português, Carlos Silva, ex-comandante das linhas aéreas de Singapura e piloto no activo, com quem a Renascença falou sobre o corredor sul onde o Boeing 777 despareceu.

Carlos Silva, que conta com 11 mil horas de voo aos comandos de um avião igual, estranha que o “Transponder” - um dos principais equipamentos de comunicação da aeronave e colocado numa zona de muito difícil acesso - tenha sido desligado. Questiona ainda que tenham deixado de funcionar outros equipamentos de aviso, sugerindo que não se tenha tratado de um acidente.

Já voou naquela zona?

Sim, é um corredor que conhecemos. Sabemos que é bastante vazio por não ter nenhum aeroporto à volta que nos possa dar suporte, portanto sabemos que temos de voar em condições muito especiais nas quais o avião tem de estar apto a voar o mais longe possível do aeroporto. No máximo, a 180 minutos, no caso de falhar um motor. As comunicações básicas nesta zona são feitas sobretudo por satélite e, depois, por alta frequência.

Pode dizer-se que é uma zona onde não é possível arriscar absolutamente nada?

A zona onde o avião terá caído é uma em que poucas companhias aéreas voam. Tem pouca população aérea, tem poucas comunicações, portanto é bastante remota.

Tem alguma tese sobre o que poderá ter acontecido?

Quanto mais se fala, mais são as hipóteses do que pode ter acontecido. A primeira questão que colocamos é por que razão não houve um aviso de “mayday”, que é emitido quando o piloto tem uma avaria ou urgência e tem de o reportar a toda a gente que estiver a ouvir. A possibilidade de que o avião tenha dado uma volta bastante acentuada e que tenha baixado de altitude sugere que eles terão tido algum problema técnico - poderia ter sido despressurização, poderia ter sido um fogo, fumo a bordo ou algo semelhante - mas depois tudo se complica.
Por que razão foi desligado o sistema do “Acars”, que é um sistema de satélite que comunica com o avião constantemente? Não é fácil desligar este sistema. Pior ainda é ter sido desligado também o “Transponder”, o sistema básico de radar. Este sistema não tem propriamente uma função de desligado, tem uma função de “standby”, no qual pode ser “interrogado”. Não consigo perceber como foi possível ter sido desligado, a não ser que alguém tivesse tido acesso directo ao compartimento electrónico onde está o “Transponder”, que fica por trás do cockpit. Essa porta é uma espécie de alçapão, que está fechado, e que está por baixo de uma carpete. Para o abrir é preciso uma chave “Allen” especial.

Quem quer que esteja naquela zona a mexer nesse alçapão com certeza que dá logo nas vistas, quer às pessoas que estão na cabine da frente, quer à tripulação. O silêncio total deste voo é também muito suspeito. Ultimamente, fala-se muito em intenção humana, ou seja, em desvio do avião.

Ou seja, se o avião tivesse caído numa situação dita “normal”, possivelmente saber-se-ia qual o ponto mais ou menos exacto da queda?
Se o avião tivesse mantido as comunicações, haveria algum alerta nos radares de terra porque o avião iria mudar de altitude. Iria mudar de velocidade e de direcção em relação ao ponto em que ia voar. Isso sugere logo um alerta, porque, evidentemente, os sistemas de radar estão ali para permitir que cada avião voe segundo as restantes aeronaves. Quando um avião sai de uma rota e entra numa diagonal, cortando várias rotas que são bastante activas naquela zona, os alarmes vão soar - além de não ter havido um aviso do piloto. Por outro lado, se fosse um fogo, um fumo ou uma emergência repentina ou estrutural, seja o que for, o avião teria sido destruído de seguida. Uma explosão, danos parciais ou completos da fuselagem, pressupõe que tivesse caído em terra ou em mar. Pedaços do avião seriam vistos. Ainda mais à noite, quando uma explosão é perfeitamente visível

Realmente as interrogações são muitas e muito difíceis de explicar em outro artigo podemos ler:

Um "blip" e uma lei física ajudaram a descobrir o destino do voo MH370
Um fraco “blip” captado por um satélite a 36.000 quilómetros de distância da Terra e uma lei física do século XIX foram as chaves para concluir que o voo MH370 da Malaysia Airlines caiu num ponto remoto do Oceano Índico.
O primeiro-ministro malaio, Najib Razak, disse esta segunda-feira que não restavam dúvidas de que o Boeing 777, que desapareceu dia 8 de Março, despenhou-se no mar. Por trás desta certeza estão milhares de cálculos minuciosos feitos a partir de sinais que o avião continuou a emitir, apesar de ter todos os sistemas de comunicação desligados.

Eram simples “apertos de mão” — ou “pings” — entre o avião e um satélite da empresa Inmarsat, que presta serviços de comunicação via satélite para navios e aviões em praticamente qualquer zona do globo. São sinais com muito pouca informação. Mas dão alguns dados neste caso essenciais: identificam a aeronave, mostram que os sistemas eléctricos estão operacionais e determinam o ângulo de elevação do satélite em relação ao avião.

Foi com base nestes dados que se chegou à conclusão de que o avião continuou a voar por mais de cinco horas depois do último registo de contacto via radar. O voo tinha saído de Kuala Lumpur às 0h41, com destino a Pequim, foi identificado por um radar militar às 2h15 e o último “ping” com o satélite do Inmarsat ocorreu às 8h11. Pelo menos até aí, portanto, o avião estava no ar.
Este último “aperto de mão” forneceu dois arcos possíveis de onde o avião poderia estar naquele preciso momento. Um deles estendia-se Ásia adentro, quase até ao Cazaquistão, o outro seguia para baixo, para o Oceano Índico.

Os técnicos do Inmarsat analisaram então a alteração da frequência das ondas sonoras dos diferentes “pings” horários que o avião transmitiu desde o último contacto por radar.
“Observámos o efeito Doppler, que é a alteração na frequência devido ao movimento de um satélite na sua órbita”, explicou Chris McLaughlin, vice-presidente da Inmarsat, citado pelo jornal britânico The Telegraph. O efeito Doppler é o mesmo que faz o som de uma ambulância mudar à medida que se aproxima e depois se afasta de um observador.
Os dados do avião foram ainda comparados com os “apertos de mão” de outros Boeing 777 que tinham percorrido as mesmas áreas no passado. O resultado apontou o arco sul como sendo o caminho que o voo MH370 tomou.

Se tivesse continuado a voar, o avião teria enviado outro “ping” às 9h11 — o que não ocorreu. Seria impossível desligar o equipamento que o emitia. E entre as 8h11 e as 9h11, o combustível da aeronave teria necessariamente acabado. Daí a conclusão de que o aparelho de facto despenhou-se no mar, a mais de 2000 quilómetros de Perth, na costa oeste da Austrália.

Suspeitas
Serviços secretos chineses terão feito o desvio do avião, com tecnologia de ponta,baseada num  "drone"  previamente instalado no avião. Após terem "gaseado todos os passageiros e tripulação" ao fim de 40 minutos de voo, tomaram o comando do aparelho num simulador de voo, já preparado para o efeito colocando o  aparelho a baixa altitude rumo em linha recta para a mais remota zona do Indico, no sistema de piloto automático. 
Isto porquê? É que a bordo seguiam 20 especialistas dos EUA em chips e agregação de dados que vigiavam a China.  Repare-se que os EUA sempre se mantiverem muito silenciosos sobre esta matéria, tendo vindo a  colaborar na busca com aviões e navios mas sem manifestarem opiniões técnicas. Se existe país com sofisticação tecnológica de satélites, é sem dúvida os EUA, o que ainda torna mais denso o mistério, os americanos nada terem detectado! O avião acabou por se despenhar pela natural  falta de combustível

Coincidência? Talvez.


segunda-feira, 10 de março de 2014

EDIÇÃO ESPECIAL DE FOTOGRAFIA


está disponível ao público uma edição limitada de 10 exemplares desta foto em dois formatos:Título:"Mulher curda com o filho pela mão" - Iraque, Abril de 2003
Autoria: Pedro Palma | Data: Abril de 2003 | Local: Iraque


150 X 100 cm em papel brilhante sobre K-Line 1cm - 1/10 exemplares numerados e assinados.
Preço por exemplar : 1.750€ (+IVA)


100 X 75 cm em papel brilhante sobre K-Line 1cm - 1/10 exemplares numerados e assinados.
Preço por exemplar : 1.250€ (+IVA)



Pagamento: Transferência Bancária / PayPal / Por cheque no acto da entrega.
Envio: Entrega por empresa Courrier (acresce 75€) ou a combinar.


Para reservas contactar directamente o autor: Telem. 916 554 060 - pedropalma.net@gmail.com



sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

WORLD PRESS PHOTO 2014

Esta foi a foto grande vencedora do certame deste ano.
Veja outras fotos premiadas no Site da TIME

John Stanmeyer—VII for National Geographic


domingo, 26 de janeiro de 2014

HONGBO LI - O ESCULTOR DO PAPEL

Hongbo Li, um artista chinês de 38 anos. Ele criou estátuas de estilo clássico mas totalmente feitas de papel.

Cada estátua é composta de milhares de folhas de papel fino sobrepostas (forma missal) ... o que lhes permite "crescer". De repente, a estátua que se pensava feita de gesso "desdobra-se" e dá lugar a uma criatura incrível.


















sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

QUEM SE LEMBRA MIKLOS FEHÉR?

No próximo dia 25 completam-se 10 sobre a morte de Fehér.

Miklós "Miki" Fehér (Tatabánya, 20 de julho de 1979 — Guimarães, Portugal, 25 de janeiro de 2004),
morreu durante uma partida em que o Benfica defrontava o Vitória de Guimarães para a Liga, a 25 de Janeiro de 2004.





sábado, 11 de janeiro de 2014

CIRCUNCISÃO - O QUE É E PARA QUE SERVE?

Carta de um jovem singapurense publicada no jornal The Real Singapure a propósito da circuncisão, uma prática muçulmana e judaica.


"Eu fui, como muitos outros homens muçulmanos na região do Sudeste Asiático, circuncidados quando se atinge a idade de 7 a 10 anos. Ainda me lembro da propaganda com que os meus pais bombardearam. Eles diziam-me que a circuncisão era uma acto normal da vida, e que todos passam por isso. Os meus colegas mais velhos e familiares diziam-me eu deixaria de ser criança quando fosse circuncidado, e a partir daí seria um homem. 
Na semana em que deveria ser circuncidado  -- durante as férias escolares, de modo a não interromper os meus estudos -- tivemos uma festa e os meus pais pediram na mesquita local para me dedicarem algumas orações. A minha circuncisão foi feita no hospital com anestesia e por isso não foi muito doloroso. Mas nas semanas seguintes foi horrível.
Eu não era capaz de andar correctamente e tinha dores constantes. Usei sarong (uma espécie de túnica), a fim de sarar mais facilmente, mas mesmo assim, algumas vezes o sarong roçava sobre a cabeça do meu pénis, colando-se-lhe. Depois que acordei de um repouso, foi extremamente doloroso quandotentei separar o sarong da glande do meu pénis. Eu não fui capaz de tomar banho vários dias, já que não queria molhar as ligaduras o que tornava a coisa extremamente desconfortável. Mas o pior de tudo era urinar pois era muito doloroso. Lembro-me que chorava sempre que eu tinha que ir urinar.
Mas depois de passadas semanas, a maioria das cicatrizes da cabeça do meu pénis sararam e agora sou oficialmente "um homem e um bom muçulmano". Mal sabia eu e os meus pais quão desnecessária era essa provação.
Eu não pensei muito nisso enquanto fui crescendo e prevalecia a ideia de que os muçulmanos faziam a circuncisão para limpeza "Cina itu kotor" e não queria ofender os meus amigos evitando o assunto por completo, mas agora, como adulto, eu começo a criticar algumas partes da minha religião e encontrei um monte de falhas na minha crença.

Mito 1: Eu acreditava que o prepúcio é simplesmente um retalho de pele que não serve qualquer propósito. Não era algo de importante o que eu iria perder.
Verdade 1: Houve muitos documentários sobre a circuncisão e todos eles mostraram que o prepúcio não é apenas um bocado extra de pele. O prepúcio tem muitas funções. Em primeiro lugar, ele está lá para proteger a cabeça do pénis (glande). Quando eu olho para o meu pénis circuncidado noto que a cabeça parece um pouco áspera em comparação com a cabeça lisa de um pénis não circuncidado. Isso ocorre porque a cabeça do pénis era um órgão interno e devido à ausência do prepúcio, a pele sobre a cabeça do pénis tem que endurecer, a fim de se proteger, tendo adquirido um aspecto diferente do que teria naturalmente.
Em segundo lugar, o prepúcio actua como lubrificante durante a relação sexual. As entrevistas com as mulheres que tiveram relações sexuais com homens circuncidados e não circuncidados disseram que era mais confortável fazê-lo com um homem não circuncidado. A circuncisão removeu o efeito de deslizamento do prepúcio e o pénis sentia-se mais áspero do que um pénis não circuncidado. Às vezes, é necessário efectuar a lubrificação adicional com saliva, a fim de evitar desconforto.
Em terceiro lugar, o prepúcio tem mais de 10.000 sensores nervosos extras, semelhantes aos das nossas pontas do dedo. Isso mostra que o prepúcio tem um grande papel na sensibilidade durante a relação sexual. Em suma, os homens com prepúcio  cientificamente sentiria mais prazer do que aqueles sem prepúcio. Então, na verdade, o prepúcio não é apenas uma aba extra de pele, mas desempenha um papel importante na anatomia do pénis e é algo que eu perdi.

Mito 2: Eu acreditava que a circuncisão era boa para a higiene. Sempre me disseram em criança que aqueles com pénis não circuncidado são sujos e que pénis circuncidado é muito mais limpo.
Verdade 2: Há alguma verdade nisso, mas não é realmente muita. O prepúcio tem alguma facilidade em ficar sujo com as células mortas da pele, urina e ejaculação podem ficar resíduos no prepúcio.
Houve uma altura da minha vida em que eu estava orgulhoso de ter um pénis circuncidado porque eu acreditava que eu era muito mais limpo do que aqueles que não eram circuncidados. Mas mais tarde, tenho aprendido com a vida que as mulheres também enfrentam o problema da Esmegma. E elas desenvolveram uma técnica de manter a higiene, sem recorrer à mutilação dos seus órgãos genitais. Essa técnica se chama água e sabão.
O pénis não circuncidado pode ficar sujo, mas o mesmo acontece com as suas mãos, os seus pés e o seu rabo. E isso resolve-se lavando-mo-nos. Durante o tempo do banho, o prepúcio pode ser revertido e lavado para manter a higiene. Assim, a ideia da circuncisão para manter a higiene agora soa como cortar as mãos para que não se sujem. E agora, há o estereótipo de que os muçulmanos e judeus circuncidados, o são porque eles são preguiçosos demais para manter a higiene adequada.

Mito 3: Eu acreditava que a circuncisão previne algumas doenças e que até pode mesmo prevenir o cancro do pénis. Eu acreditava que eu era mais saudável em comparação com aqueles que não eram  circuncidados.
Verdade 3: Olhando para trás (verdade 2) a saúde do pénis pode ser mantida pela higiene adequada para prevenir doenças como infecções das vias urinárias.  Além disso, patologias como doenças sexualmente transmissíveis (DST) e HIV não discriminam pessoas com prepúcio ou a falta dele. O prepúcio não atrai estas doenças, mas também não as evita. As pessoas contraem DST e HIV, principalmente devido ao sexo inseguro (não protegido) com parceiros infectados. Um homem circuncidado tem tantas possibilidades de contrair estas doenças como um homem não circuncidado se não usar preservativo.
É verdade que os homens não circuncidados têm uma maior chance de desenvolver cancro do pénis em relação aos homens circuncidados. A chance de um homem não circuncidado contrair cancro do pénis é de 1:200.000  Os homens circuncidados têm menos chance de contrair cancro de pénis, pois há menos células que se podem tornar mutantes. Mas 1:200.000 é uma possibilidade insignificante. Os homens são mais propensos a ter cancro da mama do que contrair o cancro do pénis. A circuncisão para prevenir o cancro do pénis faz tanto sentido quanto a remoção da mama para prevenir o cancro da mama.

Mito 4: Eu pensava que a circuncisão era obrigatória no Islão.
Verdade 4: Talvez um dos pontos mais fortes para apoiar a circuncisão era que Deus lhes disse para o fazerem. Os crentes que acreditavam na palavra de Deus não ousarão contestar isso e assim tantos muçulmanos passarão pela circuncisão simplesmente por causa da sua fé. Mas também isso  é uma mentira. Não há nada no Alcorão que exija a circuncisão. Absolutamente nada. Descobriu-se que a circuncisão não é uma exigência, mas uma uma prática islâmica tradicional. A circuncisão é uma tradição sunita e xiita, e não a própriamente fé. Na verdade, uma outra seita muçulmana chamada Quranist (Aqueles que apenas acreditam no Alcorão e rejeitam o hadith), que acredita que a circuncisão é um pecado. Quranist acredita na perfeição do corpo humano e qualquer alteração como tatuagens e circuncisão vai contra a vontade de Deus.
Partilho esta história para mostrar como tanta desinformação tenha afectado a decisão do meu pai para realizar um ato irreversível ao seu filho. Também os meus pais lamentaram a sua decisão depois que partilhei tudo o que aprendi e eu  perdoei os meus pais por me terem mutilado visto que o fizeram acreditando que era o melhor para mim.
Agora, que estou mais informado, acredito que continuar com esta tradição é tão bárbaro como a velha tradição de colocar ligaduras nos pés na China, para evitar que estes cresçam. A circuncisão não é algo a ser encorajado e muito menos de ser feito para uma criança. A criança não pode dar tal consentimento para alterar sua vida e os pais não devem ser autorizados a tomar esta decisão pelos seus filhos. A circuncisão é simplesmente uma mutilação genital que não serve para nada do ponto de vista clínico, higiénico ou tenha qualquer finalidade religiosa (talvez apenas nos judeus) e deve ser considerado como abuso infantil. A circuncisão só deve ser permitida numa criança, se há uma razão médica legítima para a fazer.
Entristece-me ver tantas crianças que são obrigadas a se submeter a essa tradição bárbara, e espero que este meu texto vá ajudar a melhor informar o público sobre esta tradição de violência gratuita.
Comigo, a circuncisão vai acabar. Eu prometi a mim próprio não circuncidar os meus futuros filhos e não interferir dessa forma violenta no seu destino. E espero que outros me sigam nesta forma de cortar com a tradição."
Um jovem muçulmano de Singapura

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

50º ANIVERSÁRIO DO CALENDÁRIO PIRELLI

A edição de 2014 do Calendário Pirelli, tem fotos de Helmut Newton feitas em 1986 e inéditas. O calendário mais famoso do Mundo celebra assim 50 anos de publicação contínua, desde 1964.

Em Agosto de 2013, a Pirelli apresentou uma sessão comemorativa com alguns dos mais famosos modelos de moda:Alessandra Ambrosio, Miranda Kerr, Karolina Kurkova, Isabelli Fontana, Helena Christensen e Alek Wek, que foram escolhidos ​​numa antecipação do calendário, mas a opção para 2014 seria um arquivo inédito de Helmut Newton.















segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

PUBLICIDADE A RELÓGIOS

Neste caso a revista escolhida foi o número de Natal da Visão, mas é assim durante todo o ano...
a publicidade a relógios impera, e de que maneira. Neste número há 20 páginas de publicidade a relógios -- mais do que todas as outras juntas -- e 6 das quais são duplas.

Escapa-me a estratégia apesar de uma vez, há dois anos, o Fernando Correia de Oliveira do blogue Estação Cronográfica me ter explicado o porquê de tanta publicidade, mas já me esqueci.





quinta-feira, 28 de novembro de 2013

O IMPOSTO DA UTOPIA




O sistema fiscal está todo mal, o sistema de saúde também -- consequência do disparate fiscal -- e o mesmo acontece com as reformas. E a economia está mal também, consequentemente.
Claro que o(s) Governo(s) não pode(m) governar sem o pagamento de impostos. Mas devia (vamos resumir-nos ao nosso) parar uma hora para pensar nos custos -- e peso -- da máquina fiscal, que aliviada (muito consideravelmente aliviada) funcionaria muito melhor sem oprimir os cidadãos.

Um Imposto Único seria tudo o que o Governo precisaria para tudo funcionar mais facilmente. Esse imposto seria aplicado ao consumo, e unicamente ao consumo. Desapareceria a tributação sobre os rendimentos a abertura da economia seria apoiada pelo não pagamento de taxas alfandegárias -- importações e exportações.

A idade de reforma seria fixada nos 55 anos, mas facultativa e seria uniformizada -- todos os reformados ganhariam o mesmo, tendo o Estado uma despesa fixa com todos os cidadãos desde que tivessem nacionalidade portuguesa -- E como seria com os trabalhadores estrangeiros de longa duração? Seria que ao fim de 15 anos de estarem a trabalhar em Portugal poderiam optar pela nacionalidade portuguesa para beneficiar de uma reforma portuguesa, podendo sempre ficar vinculados ao Sistema de Segurança Social do seu país de origem.

Os ordenados teriam um limite, mínimo e máximo, e o regime da Função Pública seria igual ao das empresas privadas, não havendo assim tratamentos diferenciados de filhos e enteados.

Um imposto sobre o consumo seria altíssimo -- tendo em conta que não haveria qualquer outro acessório fiscal -- havendo no entanto uma gama de artigos de primeira necessidade tabelados por um "Imposto Especial" muito mais baixo e, claro, quem mais consumisse mais pagaria e quem menos consumisse mais pouparia, gerando riqueza individual . O emprego (não o desemprego) seria assegurado pelo Estado com trabalho comunitário remunerado pela base: ordenado mínimo.

Traçadas as linhas gerais vamos tentar enumerar, embora utopicamente, como avisado no título deste post:

1 - Ordenado Mínimo Nacional: 2.000€

2 - Ordenado Máximo Nacional: 5.000€

3 - Imposto Nacional Único: 50% do valor pago na caixa seria para o Estado -- Havendo uma lista de Bens Básicos taxados a 10% -- Todos os medicamentos vendidos em Farmácia seriam taxados a 0% passando as farmácias a comercializar apenas medicamentos de taxa zero, todos os outros produtos seriam vendidos em locais normais de comercialização, e todos os medicamentos (produtos) vendidos em farmácia seriam de prescrição médica obrigatória, passando todos os outros medicamentos (de venda livre) a ser disponibilizados em zonas próprias dos supermercados e outras lojas, podendo alguns deles estar incluídos no cabaz de bens de primeira necessidade, taxados a 10%.

4 - As reformas -- com um único valor: 1.500€ -- estariam disponíveis para todos aos 55 anos (quem ganhasse mais do que isso e tivesse condições físicas e (ou) intelectuais poderia continuar a trabalhar, sem limite de idade até que a entidade patronal decidisse em contrário.

5 - Os Impostos Municipais acabavam, ficando as autarquias com 25% dos 50% de taxação ao consumo. Os outros 75% (de 50%) seriam Geridos pelo Administração Central (Governo).

6 - A educação pública seria taxada como os bens de primeira necessidade (10%) enquanto a privada a 50% . Para a compra de manuais escolares seria obrigatório a apresentação do "Cartão Escolar".

7 - Alguns veículos familiares e comerciais seriam incluídos no cabaz de taxação mínima, mas sendo todo o combustível taxado a 50% -- Em caso algum, produtos poderiam ser taxados acima dos 50%.

8 - A lei da oferta e da procura seria muito bem controlada pelo Estado, não permitindo a especulação.

9 - As taxas e impostos alfandegários desapareciam (tanto nas importações como exportações), já que os bens importados seriam taxados a 50% na sua comercialização. A isenção aplicada às exportações não fazia sentido dado que esses bem não seriam comercializados em Portugal.

10 - O IMI desapareceria e o Saneamento Básico seria fornecido como qualquer outro bem essencial de taxação a 10%.

11 - Todo o património de herança reverteria em 50% para o Estado.

12 - Os serviços médicos seriam pagos (e taxados a 0%) para todos os cidadãos, da mesma forma.
Como exemplo: urgência médica nos hospitais 30€ com todos os exames de diagnóstico incluídos; Consulta médica nos Centros de Saúde (incluindo dentista) 20€; cirurgias (independentemente da complexidade) 250€.
Os seguros de saúde e clínicas privadas seriam taxados a 50%.


A mim, parece-me que este sistema funcionaria, embora reconheça, que é utópico.

PP







domingo, 10 de novembro de 2013

ÁLVARO CUNHAL - 100 ANOS

Caricatura desenhada em 1992 para o Jornal de notícias e publicada em diversos outros jornais e revistas







terça-feira, 29 de outubro de 2013

"O OLHO DO CU" NUNCA ESTEVE EM SERRALVES

Há imensos Blogues e Sites -- nacionais e até estrangeiros -- em que é referido que uma exposição de fotografia intitulada "O Olho Do Cu" teria sido exibida em Serralves circa 2008. A Fundação de Serralves (Casa de Serralves) já desmentiu o facto várias vezes: "tal exposição nunca existiu"... pelo menos em Serralves.
O autor deste blogue já tentou -- em vão -- por diversas vezes identificar o local e o autor das fotos da exposição que é mostrada nas imagens.

É lamentável que a Internet seja utilizada para propagar desinformação... que não beneficia ninguém. É prudentemente aconselhável que quando se faça "humor" se refira que se trata de "humor".










terça-feira, 17 de setembro de 2013

"Broken Random" do meu filho Ayaz

Finalmente pronto, o "Broken Random" rodado em 2012 em NYC e terminada a edição em Portugal (Set. 2013), ainda recebeu uns "retoques" em Los Angeles.


Broken Random © Ayaz Palma, 2013